As intensas chuvas elevaram o nível de água da Lagoa do Joaquim, deixando os moradores das proximidades preocupados

Ao tomar conhecimento da preocupação dos moradores com a Lagoa do Joaquim, que fica às margens da rodovia federal, BR 222, que corta a cidade de Açailândia, o prefeito entrou em contado com o DNIT e pediu uma vistoria, oferecendo o apoio da Prefeitura às ações direcionadas para solução do problema. A Prefeitura de Açailândia, por meio de Secretaria de Infraestrutura e Urbanismo, em uma ação da Força Tarefa, imediatamente tomou providências, no sentido de evitar danos maiores. A previsão é de que intensas chuvas continuem banhando a região de Açailândia nos próximos dias e durante todo o mês de abril.

"Conforme o DNIT chegou, ele nos autorizou, disponibilizamos as máquinas da Prefeitura. Hoje a gente tem um escoamento muito maior. Foi feita a limpeza e drenagem. Não há nenhum risco iminente, igual foi falado, de rompimento da Lagoa do Joaquim. Aqui nós estamos tendo atenção, igual temos em outras áreas. Aqui no momento se encontra seguro e a população pode ficar tranquila, quem mora abaixo da Lagoa pode ficar tranquilo que não tem perigo nenhum de rompimento", disse Halan Nobre, Engenheiro Civil da SINURB.

As ações que promovem resolutividade aos casos emergenciais estão acontecendo em tempo hábil.

ASCOM - PMA

by 06:09 0 Please Share a Your Opinion.